Centro de Integração Empresa Escola de Pernambuco
 
Clique aqui se você é estudante e deseja estagiar


Clique aqui se você é uma Unidade Concedente de Estágio
Clique aqui se você é uma Instituição de Ensino

 
 
Página Inicial Voltar Mapa de imagens. Clique em cada um dos círculos.
Notícias

“O aprendiz tem perspectiva”
  03/02/2011



Com essa frase do Procurador Geral de Justiça do Estado, o Centro de Integração Empresa Escola de Pernambuco (CIEE-PE) ganha mais uma aliado na luta pela integração do jovem no mercado de trabalho. Hoje (02), o Presidente e o Superintendente Institucional do CIEE-PE, Lucilo Varejão e Germano Coelho, respectivamente, tiveram um encontro com o Procurador Geral de Justiça de Pernambuco, Aguinaldo Fenelon.

O encontro foi realizado na sede do Ministério Público de Pernambuco, na rua do Imperador e também contou com a presença do Deputado Estadual e Conselheiro do CIEE, Ricardo Costa, além da gerente de Treinamento e Acompanhamento do CIEE, Ana Patrícia Gomes.

Foi apresentada ao Procurador a situação de Pernambuco no que se refere a contratação de Aprendizes, que coloca o estado com o menor índice de contratação do Brasil e como pioneiro no desperdício de vagas.

Para Germano Coelho o problema da não inserção do jovem no mercado é um problema de cidadania e de falta de ressonância do problema na sociedade brasileira. “No quadro da situação dos aprendizes, no Brasil, Pernambuco hoje é a pior das 27 unidades da federação. É a que mais desperdiça vagas para a juventude pobre”, alertou Germano.

O CIEE Pernambuco está executando um movimento Pró-Aprendiz, onde será realizada a Primeira Conferência Estadual de Aprendizagem Profissional. “A primeira Conferência Nacional foi aberta pelo presidente da República”, lembrou o superintendente do CIEE.

Para o Deputado Estadual Ricardo Costa, além da inserção no mercado, a Lei da Aprendizagem mantém o jovem na escola. “A lei diz que o jovem  que n/ao concluiu o ensino médio tem que comprovar que está estudando para poder participar do programa”, considerou Ricardo.

Ana Patrícia Gomes lembra a luta do CIEE para integrar o jovem ao mercado de trabalho. “A gente trabalha com aprendizagem desde 2002 e vem lutando para que Pernambuco consiga contratar seus aprendizes”, disse.

Aguinaldo Fenelon afirmou que o Ministério Público se alinha com o pensamento do CIEE quando acredita na cidadania para resgatar ou evitar que o jovem entre em caminhos tortuosos “A falta de perspectiva para o jovem é que os deixa em situação de risco. A inserção do jovem no mercado de trabalho é um trabalho preventivo de combate a criminalidade e combate as drogas. E o aprendiz tem perspectiva”.

Fenelon agendou uma reunião para tratar do assunto com o CIEE e o coordenador da Cidadania do Ministério Público, Marco Aurélio. “Tenho certeza que ele (Marco Aurélio) vai incorporar essa ideia ao nosso projeto de Cidadania em Ação”, disse Aguinaldo Fenelon.



Nossas Unidades

Atualmente, está instalado no Recife, Caruaru, Garanhuns, Petrolina, Jaboatão dos Guararapes, Vitória de Santo Antão, Ipojuca, Olinda, Paulista, Limoeiro, Serra Talhada, Salgueiro e Gravatá.

Clique aqui para saber mais informações sobre nossas unidades e horários de atendimento.

Fale com o CIEE-PE

Estudantes: (81) 3131-6100
Unidades concedentes de estágio: (81) 3131-6000
Instituições de ensino: (81) 3131-6000

Clique para enviar sua dúvida, sugestão ou crítica.


             

 

Centro de Integração Empresa-Escola de Pernambuco - Todos os direitos reservados
CNPJ: 10.998.292/0001-57